Educação

5 dicas para fazer sua escola crescer

Conquistar mais alunos, ampliar o espaço, abrir novas unidades. Como conseguir tudo isso? O trabalho pedagógico importa, e muito, mas não podemos esquecer que a escola é uma empresa e, como qualquer outro negócio, precisa operar de forma sustentável, o que inclui outras variáveis. 

Dados do último Censo Escolar, divulgado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) mostram que, em 2021, o número de matriculados em escolas da rede privada caiu de 8,8 milhões para 8,1 milhões, como claro impacto da crise econômica intensificada pela pandemia. Ainda assim, o setor da educação básica fechou o ano passado com 52 operações de fusões e aquisições, um aumento de 93% em relação a 2020 e a maior marca desde 2008, quando foram fechados 53 negócios, de acordo com estudo feito pela KPMG

Tudo isso mostra que, apesar das perdas significativas de alunos durante a pandemia, o setor da educação básica privada vem se reconfigurando, com muitas escolas tradicionais sendo geridas por investidores. Confira nossas cinco dicas de como fazer sua escola crescer.

 

1. Conheça o seu cliente

Uma das premissas básicas para ser bem sucedido em qualquer segmento é conhecer o seu cliente. Quando se trata de uma instituição de ensino, o cliente não se reduz apenas aos alunos, mas engloba toda a sua família. 

Então se pergunte: quem são meus alunos e seus familiares, como se comportam, do que gostam? Se você não sabe responder a essas perguntas, tente fazer um levantamento com uma pesquisa enviada para as famílias, pois só entendendo seu público e suas necessidades você conseguirá refinar a sua oferta. 

O que importa para meus alunos e suas famílias? Eles buscam um preço atrativo ou se interessam mais pelo projeto pedagógico? O mais importante é uma escola com índices de aprovação no vestibular ou perto de casa? Claro que aqui não estamos dizendo que uns fatores anulam outros, mas pensar no que vale mais para seu público permitirá converter os interessados em matrículas, aumentando o número de alunos e fazendo a escola crescer.

 Isso passa também por entender as mudanças que a sociedade tem enfrentado nos últimos anos, com um mundo hiperconectado, em que a cultura do digital ganha cada vez mais lugar e desconstrói relações de tempo, espaço e hierarquia.

Agora olhe para sua instituição: você tem clareza do posicionamento da sua escola, quais são seus pontos fracos, no que ela se destaca? A famosa máxima grega “Conhece-te a ti mesmo” certamente é válida na hora de buscar caminhos para fazer sua escola crescer. 

2. Faça um excelente trabalho pedagógico

O que acontece na sala de aula continua sendo a grande vitrine de uma escola, afinal, é essa a experiência que conta na hora de fazer uma indicação (ou não) a alguém. Ter nítida a missão da escola, trabalhar um bom projeto pedagógico, tudo isso conta para atrair famílias interessadas em colocar seus filhos na sua instituição.

E lembre-se: um ciclo escolar é longo, o que faz com que, diferentemente de outras empresas, os clientes finais de uma escola - os alunos - permanecem nela por anos e anos desfrutando de tudo aquilo que é oferecido diariamente e o ano inteiro. 

Você então se conhece bem, sabe quem são seus alunos e suas famílias e se preocupa em garantir um projeto pedagógico de excelência. O que falta? Dizer isso para o mundo, claro, e esse é o nosso próximo tópico. 

3. Divulgue para fazer sua escola crescer

No offline ou no online mostrar seu trabalho é essencial para que mais pessoas se interessem por ele. Para além dos muros da escola, marque presença nas redes sociais, crie um site atualizado e com bom conteúdo acadêmico, informações sobre cultura organizacional, projeto pedagógico, missão da escola. 

Aliás, produzir conteúdo de qualidade é uma grande chave para se destacar. Não é estranho pensar que quando procuramos conteúdos sobre temas escolares e educação, nunca os procuramos nos sites das escolas? Faça diferente e torne-se referência na busca de informações.

E, claro, marque presença no Google, afinal, o que alguém faz quando ouve falar sobre algo? Imediatamente joga no buscador e se sua instituição não aparecer por lá é como se não existisse na vida real. 

4. Valorize seus profissionais 

Combinado com o trabalho pedagógico de excelência que já mencionamos, há uma outra variável igualmente importante: professores e colaboradores da sua escola. Eles devem ser valorizados e motivados porque um bom projeto não se faz sozinho, ele precisa de pessoas capacitadas e empenhadas nessa missão.

Investir em formação continuada, desenvolvimento, ações de engajamento e inovação são essenciais para isso. Grande parte do sucesso de uma instituição está vinculada ao preparo de seus educadores.

5. Faça um planejamento

Crescimento é uma soma de treinamento, planejamento de marketing, plano e investimento. Você tem um plano de investimento para sua escola? Se ainda não tem, é preciso desenhá-lo, estabelecer metas e, claro, monitorar os resultados, pois só com a análise de indicadores é possível detectar problemas e encontrar soluções.

Muitas vezes, o gestor escolar foca na parte pedagógica e esquece dos outros componentes que fazem qualquer empresa rodar, o que pode acabar impedindo que a instituição cresça. 

Trabalho diário e o ano todo 

Em um cenário como esse, pensar em como fazer sua escola crescer pode ser difícil, mas não é impossível. Requer muito trabalho, todos os dias, o ano inteiro e não apenas em épocas de matrículas. A nossa solução de pagamento estendido das mensalidades escolares é também uma forma de colocar mais estudantes nessas instituições. Quer saber mais sobre como a lia pode apoiar o crescimento da sua escola? Fale com um dos nossos especialistas!